[ editar artigo]

Marketing sensorial: o que é e como usar essa estratégia?

Marketing sensorial: o que é e como usar essa estratégia?

Assim como a tecnologia e a transformação digital, as tendências do marketing também não param de surgir e evoluir.

E em meio às diversas estratégias de marketing atuais, o marketing sensorial foi um dos principais avanços. Afinal, essa metodologia traz soluções criativas e modernas para despertar o desejo de compra nos leads (potenciais clientes).

Ao explorar os cinco sentidos de uma pessoa, as chances de fechar negócios e obter resultados positivos são muito maiores.

Essa prática, apesar de já ser natural e dinâmica, começou a ser popularizada apenas nos últimos tempos.

Além disso, hoje em dia, essa técnica pode ser utilizada em empresas de todos os portes e segmentos, como indústrias, prestadoras de serviços, comércios, entre outros.

E se você quer conhecer mais sobre o marketing sensorial, nós elaboramos este post para te explicar sobre todos os detalhes. Quer saber mais sobre tudo isso?

O que é marketing sensorial?

De forma geral, o marketing sensorial é uma estratégia que utiliza o estímulo dos cinco sentidos com o intuito de despertar a necessidade de comprar um determinado produto e serviço. Os cinco sentidos são:

  • Olfato;

  • Tato;

  • Paladar;

  • Audição;

  • Visão.

Sabe quando você entra em uma loja de perfumes e logo sente o cheiro das melhores fragrâncias? Essa é uma das maneiras de utilizar o marketing sensorial pelo cheiro.

No entanto, se sua trabalha com insumos para cerveja, por exemplo, também é possível utilizar imagens, sons, sabores e texturas, entre outras diversas formas para estimular o bem-estar, o desejo e o impulso.

Como usar o marketing sensorial?

Agora que você já sabe o que é o marketing sensorial, veja abaixo com mais detalhes sobre os cinco sentidos e como eles funcionam na prática:

Olfato 

O sentido do olfato faz com que possamos sentir os aromas que estão no ar. Na estratégia de marketing sensorial, o olfato é muito explorado por comércios de alimentos, lojas de perfumes e até mesmo lojas de roupas.

Paladar

O sentido do paladar está relacionado à nossa capacidade de reconhecer determinados sabores.

Dentro do marketing sensorial, apesar do paladar ser mais utilizado pelas empresas do setor alimentício, também é possível empregar em outros modelos de negócios.

Visão

Basicamente, a visão é o sentido que nos permite enxergar tudo o que está em nosso meio. Para colocar esse sentido nas estratégias de marketing sensorial, é possível utilizar cores e a intensidade de iluminação.

Se sua empresa presta serviços de aluguel de gerador de energia, por exemplo, você pode desenvolver estratégias para destacar o logotipo da sua marca ou até mesmo para criar um ambiente de trabalho mais personalizado.

Tato

O tato ocorre se trata da possibilidade de sentir as coisas e as texturas, quando em contato com nosso corpo. O frio, calor, dor e prazer fazem parte do tato.

Alguns exemplos de marketing sensorial que utilizam o tato é expor produtos de decoração que façam as pessoas se sentirem mais confortáveis, por exemplo.

Audição

Por fim, a audição é toda percepção dos sons pelos nossos ouvidos. Uma das maneiras mais populares de utilizar a audição é por meio de jingles, músicas e playlists que fazem parte da identidade da marca.

Agora que você já sabe o que é o marketing sensorial e como é possível utilizar essa estratégia, o que acha de seguir essas dicas e ter sucesso?

Gostou do nosso post? Conta pra gente!

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você