[ editar artigo]

O Poder do Machine Learning no Marketing Digital

O Poder do Machine Learning no Marketing Digital

A otimização de processos no marketing digital ajuda muito na criação de estratégias orientadas a públicos específicos. Um exemplo é a automação de lances em canais pagos por meio do machine learning, que diminui a necessidade frequente de atuações manuais.

O machine learning (aprendizado da máquina) é uma técnica de análise de dados que automatiza a construção de modelos analíticos. A automação é importante para o crescente volume de dados disponíveis, armazenamento de dados acessíveis, além do processamento computacional mais viável e potente. Com essa técnica, é possível produzir automaticamente dados extensos e complexos, e entregar resultados rápidos e mais precisos.

Machine learning e o marketing de performance

O marketing de performance está sendo utilizados cada vez mais nas estratégias digitais. Ele é focado 100% em resultados. Como a mídia digital trabalha com o registro de dados, o acompanhamento das ações do cliente em um anúncio se tornou mais fácil. A performance consegue contabilizar os números referentes aos cliques no anúncio, acessos no site, exibição da campanha, finalização de compras etc. A partir disso, é possível gerar dados e relatórios que mostram se o impacto causado no público-alvo compensa o investimento que foi realizado.

A performance também mostra o ticket médio, que calcula o quanto cada cliente gasta com seus produtos e serviços. Mostra também qual canal de divulgação gera maior retorno financeiro. Por meio dos dados estratégicos, é possível direcionar assertivamente seu orçamento nos canais de divulgação.

O marketing de performance pode trazer muitas vantagens para o seu negócio. Uma delas é o cálculo do retorno sobre investimento (ROI). Essa métrica reflete os ganhos financeiros obtidos em cada ação implementada.

Outra vantagem da performance é o fato de você produzir mais com menos investimento. É possível direcionar a verba para as estratégias que são mais produtivas, aumentando assim a possibilidade de lucro. Além disso, é possível analisar constantemente o desempenho de um site. Com tal análise, pode-se identificar quais páginas do site estão tendo maior sucesso com os usuários. Assim, com essa estratégia, é possível atrair mais leads e vendas.

Métricas avaliadas

A performance pode aparecer em várias fases da estratégia de marketing digital. Por exemplo, a performance avalia os leads (no caso, cadastros de pessoas interessadas no conteúdo produzido pela sua empresa). Dessa forma, é mais fácil fazer a nutrição de leads, fazendo com que eles se tornem clientes. Outra métrica que pode ser avaliada é o número de visitas. Com essa métrica, é possível avaliar se as visitas recebidas por uma página são provenientes do tráfego orgânico ou por meio de campanhas de publicidade digital. Uma das métricas mais relevantes do marketing de performance é a conclusão de transação feita pelos clientes. Aqui, é o ponto de fidelização dos clientes, ou seja, é a hora da recompra.

Um bom exemplo de performance é o Google Ads. Os anúncios pagos são utilizados como uma estratégia de marketing digital para aumentar o número de conversões de um negócio online. Por meio deles é possível ter maior visibilidade na internet. Para isso, são escolhidas palavras-chave para cada campanha - no caso da rede de pesquisa.

O Google Ads permite que o valor pago pelo anúncio ao Google seja feito quando o usuário efetuar um clique em uma palavra-chave escolhida durante a campanha. Assim, a plataforma permite que os investimentos feitos não sejam desperdiçados.

Vantagens dos anúncios pagos

Hoje, muitos empreendedores utilizam os anúncios pagos em suas estratégias de marketing. Um dos motivos é o alto nível de conversão que aumenta as chances de alcançar o público-alvo com suas campanhas. Dessa forma, a taxa de conversão é aumentada consideravelmente, podendo gerar mais lucros para o seu negócio.

A relação custo-benefício também é outra vantagem. O anúncio só é pago quando consegue algum resultado.. Assim, o retorno do valor investido inicialmente tende a ser maior.

Investir em links patrocinados é uma estratégia que melhora o posicionamento da marca. Os anúncios ganham destaque, consequentemente, o público-alvo é atingido com mais abrangência. Isso é possível devido ao alto número de impressões feitas diariamente.

Como utilizar o machine learnig e a automação de lances em canais pagos no seu negócio?

Primeiramente, é preciso escolher um canal para a publicação de seus anúncios. Os mais conhecidos são o Gloogle Ads, Facebook, LinkedIn e YouTube. Para isso, é preciso saber em qual canal o seu público está concentrado. Depois, é preciso escolher as palavras-chave que apresentem o seu custo por clique mais em conta, mas que apresentem uma boa relevância. Também é relevante fazer o planejamento da divulgação dos anúncios nos canais escolhidos. Ele deve conter as segmentações definidas e os horários escolhidos para cada postagem. Além disso, é preciso fazer a mensuração dos resultados obtidos. Assim, você consegue verificar quais campanhas estão dando bons resultados e quais precisam ser melhoradas.

Como vimos, o machine learning oferece potencial valor às empresas que utilizam grande volumes de dados, além de possibilitar o estudo das mudanças de comportamento e preferências dos usuários. Investir em automação de lances em canais pagos é uma boa estratégia para conseguir mais conversões com seus anúncios e, consequentemente, conquistar o público-alvo.

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você