[ editar artigo]

Por que milhões de novos usuários decidiram entrar no LinkedIn?

Por que milhões de novos usuários decidiram entrar no LinkedIn?

O efeito da migração Facebook / Linkedin e  como aproveitar essa onda

Se você ainda acha que o LinkedIn é apenas uma rede social profissional, onde estão presentes somente empresas em busca de pessoal ou profissionais buscando um novo emprego, você está muito enganado! =)

Há algum tempo o LinkedIn deixou de ser apenas um site de atualização de currículo. A maior rede social profissional do mundo já mostrou a que veio: boas oportunidades de negócios. E esse é um dos motivos pelos quais as pessoas decidiram entrar no LinkedIn. Segundo o recente estudo publicado pela McKinsey & Company, o Brazil Digital Report, são mais de 29 milhões de usuários do LinkedIn no Brasil, o que nos torna a terceira maior base de usuários do mundo.

O crescimento da plataforma tem mostrado que entrar no LinkedIn é estratégico tanto para empresas quanto para profissionais. A rede traz cada vez mais possibilidades para carreira e mercado de trabalho, o que tem feito com que muitos abandonem outras redes sociais, como o Facebook, para explorar a plataforma de negócios.

Mais do que contratar ou se colocar no mercado, a rede social virou espaço de visibilidade, credibilidade, construção de relevância, produção de conteúdo, acúmulo de amigos e seguidores (o velho mal do século) e, por que não, alimento de ego e status.

 

Oportunidade 1:

Entrar no LinkedIn para buscar profissionais

Essa é a origem e ainda a atividade básica da rede.

Se você possui uma empresa, tenha certeza que o LinkedIn irá te auxiliar na busca pelo profissional certo. Muitas organizações e especialistas em recursos humanos decidiram entrar no LinkedIn com esse intuito, mas é importante ter um cuidado:

- O Perfil do Pavão!

Tudo no LinkedIn é "gourmetizado". O Flanelinha vira o "supervisor automobilístico de segurança e conservação", o supervisor de tarefas vira "Task Manager", e por aí vai...

Buscar profissionais dentro da plataforma pode ser um desafio de desvio de egos, e estar ciente disso é uma das coisas mais importantes.

Uma boa forma de analisar um candidato em potencial é identificar suas habilidades elencadas no perfil, e suas recomendações*. Toda habilidade cadastrada por um usuário pode ser recomendada por seus contatos, e isso oferece um nível um pouco mais confiável de informações na hora de analisar um perfil.

Sobre o volume de empresas, usuários e seus cargos, existe um dado interessante: de acordo com a própria plataforma, mais de 3 milhões de empresas possuem páginas para apresentar seus produtos, serviços e vagas. E entre os usuários brasileiros, cerca de 4,4 milhões são gerentes (haja coisa e gente pra gerenciar hehe). O que isso significa? Isso mostra que, apesar dos enfeites nos perfis da maioria dos usuários, existe uma porta para entrada ou recolocação no mercado de trabalho através deste canal.

 

Oportunidade 2:

Entrar no LinkedIn com foco no B2B

Com o grande número de empresas no LinkedIn, o marketing B2B tem sido um dos grandes atrativos da plataforma. Com um sistema de anúncios em constante evolução, a plataforma já oferece diversas formas de contato com usuários, como a publicidade InMail, o patrocínio de posts, entre outras.

A possibilidade de segmentar para determinados cargos, cidades e/ou empresas, faz com que o marketing B2B (grande desafio em redes como facebook, instagram ou twitter) tenha seu efeito potencializado para alguns mercados! Se você é um distribuidor B2B, você pode focar sua comunicação em pessoas de São Paulo com o cargo de "Compradores", "Analista de Compras" e afins, impactando diretamente pessoas que podem se relacionar com o que você oferece. Essa segmentação, apesar de existente em outras redes, como o facebook, são imensamente mais eficientes em uma rede cuja vertente é profissional.

 

GRUPOS DE INTERESSE

Outro ponto importante ao entrar no LinkedIn é participar ou criar grupos de interesse. Isso permite que usuários se localizem, participem e criem grupos para gerar negócios. Uma opção é apostar nos anúncios com segmentações específicas para atingir seu target.

 

Oportunidade 3:

Entrar no LinkedIn para gerar leads

Como mencionei anteriormente, as ferramentas de anúncios tem evoluído rapidamente, e não é diferente na rede profissional. No LinkedIn, a segmentação de anúncios é focada nas informações profissionais dos usuários. Isso é conhecido, inclusive, como uma hiper-segmentação, já que a plataforma evoluiu muito e ampliou a escolha do público-alvo. Esse é um dos benefícios de entrar no LinkedIn: por lá é possível incluir segmentação de cargo atual ou anterior, setor de atividade, nome da empresa, entre outros - o que ajuda a encontrar os leads qualificados. Assim fica bem mais fácil ser assertivo no anúncio, não é?

Hoje, as soluções oferecidas pelo LinkedIn para anúncios são variadas. Entre elas estão o Sponsored Content, onde é possível compartilhar suas atualizações para mais pessoas e atrair novos seguidores, o Sponsored InMail, quando os anúncios são enviados diretamente para a inbox dos usuários, o Text Ads, que são os pequenos anúncios de texto, o Dynamic Ads, que são anúncios personalizados, e o Display Ads, versão de mídia programática do LinkedIn.

 

Oportunidade 4:

Entrar no LinkedIn para se destacar profissionalmente

Talvez você não siga tantos influenciadores, mas já deve ter se deparado com algum conteúdo ou artigo postado no LinkedIn que atraiu muito sua atenção, certo? E, provavelmente, era de um assunto que você tem interesse. Esse é um dos motivos pelos quais o usuário decide entrar no LinkedIn.

Estabelecer-se como um curador de conteúdo de qualidade contribui para que o profissional se torne um porta-voz sobre o setor. E isso ajuda a expandir a rede com pessoas da sua área.

Todos esses pontos nos mostram, claramente, que não basta entrar no LinkedIn. Mais do que estar presente, é preciso utilizar as soluções oferecidas pela plataforma e dedicar tempo à ela. Alinhar os recursos do LinkedIn com a sua estratégia profissional ou da empresa é imprescindível para sair na frente.

 

Se você está buscando um novo emprego ou querendo contratar alguém, entre  no LinkedIn. Se você não está, entre também! 

É a rede que tende a ocupar um espaço vazio, e pode render muito retorno, resultado e relevância para você e seu negócio.

Comunidade Sebrae
Ler matéria completa
Indicados para você