[ editar artigo]

Por que o marketing digital é imprescindível para médicos com alto nível de especialização

Por que o marketing digital é imprescindível para médicos com alto nível de especialização

A quantidade de clínicas e profissionais da saúde não para de crescer em todas as partes do mundo. Isso significa que as maneiras de divulgar um consultório ou profissionais também precisam evoluir. Não basta mais esperar por indicações espontâneas de seus pacientes mais fiéis. É preciso usar técnicas assertivas e com resultado comprovado, como o marketing digital médico.

Quer entender exatamente como utilizá-lo para divulgar seu negócio? Confira todas as informações que trouxemos no artigo abaixo.

Limites estabelecidos pelo CFM para a divulgação médica

O Conselho Federal de Medicina (CFM) estabelece algumas normas para a divulgação e publicidade através do Código de Ética Médica. Para alguns, as obrigações podem parecer como um conjunto de normas que atrapalham o marketing médico, no entanto, elas existem para garantir seriedade e ética em todo o setor da saúde.

É importante que o profissional preste a devida atenção a elas para garantir a sua prática:

  • Responsabilidade social;
  • Descrição;
  • Verdade;
  • Respeito à privacidade e intimidade do indivíduo.

De acordo com o Código de Ética, a medicina não deve ser exercida como um comércio. Na realidade, a prática deve ser um meio para promover o bem-estar do paciente. Portanto, divulgar serviços e produtos como “soluções” para problemas poderia ser considerado como publicidade enganosa e abusiva.

O que o médico pode fazer é informar. Mostrar ao seu paciente exatamente o que ele faz e quais problemas essa atividade pode ajudar a resolver. Além disso, ele fica proibido de:

  • Expor fotos de seus pacientes para sua divulgação (mesmo com autorização);
  • Criar publicações sensacionalistas;
  • Apresentar equipamentos da clínica como garantia de sucesso no tratamento;
  • Divulgar todas as suas especialidades como garantia de excelência;
  • Divulgar títulos acadêmicos que não estejam registrados no CRM;
  • Usar expressões sensacionalistas, como “garantia de resultado”, “o melhor”, “o mais eficiente”;
  • Participar de anúncios de marcas e produtos.

Como o marketing digital se encaixa dentro das limitações

Apesar de todas as restrições o marketing digital oferece algumas das melhores maneiras de divulgar profissionais da área. É claro que ainda é importante observar todas as regras do CFM, no entanto, a divulgação digital é bastante ampla e cria diversas oportunidades.

Um exemplo é através da criação de conteúdo. Além de não ser proibida pelo CFM ela é incentivada. Médicos devem informar seus pacientes para dar-lhes a chance de escolher com todas as informações em mente. Ele pode ser usado nas redes sociais, blogs, site e e-mail marketing.

Através desse trabalho o médico consegue divulgar suas qualificações e conhecimentos de forma bastante eficiente. Quer entender melhor? Explicaremos em detalhes como usar o marketing digital para divulgação médica abaixo.

O que é marketing digital e como se aplica às áreas médicas

Veja se você se identifica com essa situação: um profissional altamente qualificado na área médica quer expandir seu negócio. Ele possui muitos pacientes já fidelizados e estimula a indicação, o que traz algum retorno. No entanto, não é o suficiente para chegar às metas que ele estabeleceu.

Era para ser melhor, não é mesmo? As qualificações, certificações e especializações desse profissional realmente devem ser admiradas. Os pacientes deveriam procurá-lo normalmente. Mas ele não trabalha com marketing digital!

O marketing digital trabalha com os meios online para aumentar a visibilidade e alcance do profissional. Assim, ele consegue alcançar uma quantidade maior de possíveis pacientes. Para isso é possível utilizar redes sociais, ferramentas de busca (como o Google), site, vídeos e até e-mail marketing. E tudo dentro das regulamentações do CFM.

Por que usar marketing digital para divulgar médicos altamente qualificados

Médicos com especializações e qualificações de ponta precisam atingir dois públicos: pacientes (e possíveis pacientes) e outros profissionais da área. A intenção é mostrar ao público final que você existe, que é uma referência em sua especialidade, e dar-lhe informações suficientes para procurar o consultório quando precisar.

Na divulgação para o público médico o profissional também deve mostrar-se como uma referência e deixar clara sua capacidade técnica. Assim, eles se sentirão seguros para recomendá-lo aos clientes que precisam de seus serviços. Confira algumas das vantagens de trabalhar com marketing digital na área.

Aumento de indicações

Quanto mais você investir em marketing digital, maiores serão as chances de ser indicado. Como qualquer profissional, você deve construir uma reputação e mantê-la através dos conteúdos publicados. É isso que atrairá novos pacientes e ajudará a aumentar a quantidade de indicações.

Quando alguém vê seu conteúdo na internet consegue desenvolver confiança na sua atividade profissional? Excelente! Isso garante que tanto profissionais da área da saúde quanto o público final o procurem. É tudo graças ao conteúdo de excelência que reflete sua qualificação.

Disseminação de conhecimento entre possíveis pacientes

Boa parte do público procura conteúdos médicos na internet para tirar dúvidas. No entanto, nem todas as informações online são confiáveis. Isso significa que muita gente está adotando tratamentos caseiros ou deixando de procurar um médico por causa de posts e blogs.

Profissionais altamente qualificados da área médica têm a chance de mudar esse cenário. Basta produzir seu próprio conteúdo informativo para combater a desinformação. Além de trazer dados relevantes para seu público, esse tipo de marketing digital ajuda no contato pré e pós consulta.

Ele estende o relacionamento para além do consultório, fazendo com que o paciente mantenha contato para sanar sua curiosidade e tirar suas principais dúvidas. Ou seja, aumentam as chances de procurá-lo mais tarde quando precisar de seus serviços novamente ao invés de ir a outras clínicas.

Melhorando a visibilidade do conteúdo através de SEO

É claro que para colher os resultados que mencionamos anteriormente o marketing digital médico precisa de algumas estratégias. Enquanto muitos focam nas redes sociais, consideramos ainda mais pertinente recomendar o uso do SEO, ou search engine optimization.

Tal ferramenta é composta por um conjunto de técnicas de otimização onpage e offpage, além de criação e gerenciamento de conteúdo. Ela trabalha com pequenos detalhes na programação, velocidade de carregamento e exibição do conteúdo para conseguir tornar a página mais relevante para as ferramentas de busca.

O que exatamente é o SEO e como usá-lo?

Ferramentas de busca, como o Google, possuem dezenas de critérios que são utilizados para determinar quando uma página web deve ou não aparecer entre seus primeiros resultados. Páginas com mais palavras-chave relacionadas ao termo pesquisado, por exemplo, tem uma tendência a aparecer em uma posição mais alta.

Isso ajuda a fazer com que uma quantidade maior de usuários encontre sua página e seu trabalho. Aumenta também a chance de conversão, traduzida em uma ligação ou agendamento de consulta.

Para conseguir trabalhar com SEO é importante ter um site bem estruturado. Ele deve ser rápido e possuir uma estrutura de navegação simples. Portanto, o mais recomendado é procurar auxílio profissional para sua criação.

Além do site, você também precisará incluir conteúdos relevantes de maneira frequente. Os blog posts otimizados são uma das melhores maneiras de fazer isso. E também contribuem para divulgar sua imagem profissional.

Gostou das vantagens de trabalhar com marketing digital na área médica? Comece o quanto antes esse trabalho. A concorrência não para de crescer e o meio digital já é uma das melhores maneiras de divulgar negócios da área da saúde.

 

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Ed Cardoso
Ed Cardoso Seguir

Edgar Cardoso é publicitário, formado em Marketing e Publicidade pela Escola Superior de Propaganda e Marketing de São Paulo/Brasil (ESPM-SP), com MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas/Brasil (FGV). É Diretor da E-clínica Marketing Digital.

Ler conteúdo completo
Indicados para você