[ editar artigo]

Vale a pena entrar com sua empresa na dança do Tik Tok?

Vale a pena entrar com sua empresa na dança do Tik Tok?

Se você tem 30 anos ou mais e não tem filhos adolescentes em casa, entrou aqui sem nem mesmo saber ao certo o que é esse tal de Tik Tok. Provavelmente, nas últimas semanas você já teve algum tipo de contato com ele, mesmo sem entender direito o seu propósito, pelo menos já deve ter ouvido alguém falar sobre esse app que é a nova moda no Brasil.

Ah e se você passou pela sala de casa durante o home office e viu os seus filhos produzindo vídeos pelo celular ou até dançando na frente da tela, prazer esse é o Tik Tok.

O Tik Tok é uma rede social de produção de vídeos curtos, com cerca de 15 segundos, que desde o ano passado vem fazendo muito sucesso entre adolescentes na faixa etária dos 13 aos 17 anos. Porém durante esse período de distanciamento social, em que mais pessoas estão procurando maneiras de se entreter dentro de casa, este app virou um verdadeiro fenômeno no Brasil. Acredite, os números são impressionantes.

Mas aí você me pergunta, porque estamos falando sobre isso por aqui, em uma comunidade voltada exclusivamente para empreendedores? E esta é a chave da questão! Como já mencionado, os números apresentados pelo app nos últimos dias aqui no Brasil são impressionantes, o Tik Tok vem desbancando as demais redes sociais de maior sucesso do mundo, como o Facebook e o Instagram e, claramente, aponta que em um futuro muito próximo, se não já, precisaremos estar muito presentes, enquanto marcas, por lá.

Aliás, para quem tem o interesse de sair na frente nesse quesito, agora é a hora de aparecer no Tik Tok, já que por conta da quarentena no Brasil, este se tornou um verdadeiro fenômeno da internet. Mas antes de sair querendo produzir qualquer tipo de conteúdo para esse app é preciso entender que, por lá tudo funciona de uma maneira muito única e completamente diferente do que estamos acostumados nas demais redes sociais. E esse público mais jovem que já está por lá, é também extremamente exigente.

Ainda não está acreditando? Então vêm entender um pouco mais sobre este novo universo o qual, com certeza, mais cedo ou mais tarde teremos que nos aventurar...

 

De onde surgiu o Tik Tok?

O Tik Tok é uma rede social relativamente nova que pertence à uma startup chinesa chamada ByteDance. Em 2017, a plataforma comprou um app anterior que chegou a fazer algum sucesso por aqui conhecido como Musical.ly. Mas foi em 2019 que ele atingiu um patamar globalizado e passou a fazer muito sucesso nos países do oriente, principalmente Índia e China, os quais ainda apresentam índices altíssimos no app, além de países como a Austrália e os Estados Unidos que até hoje estão entre os países com o maior número de usuários por lá. .

Isso fez com que o app terminasse o ano passado já como a quarta maior rede social do mundo em número de usuários. Para se ter uma ideia da dimensão tomada pela startup, a ByteDance, ela teve a oportunidade de contratar 40 mil funcionários no primeiro semestre de 2020, e começou abrindo 10 mil vagas de emprego pelo mundo.

 

Como funciona o Tik Tok?

O Tik Tok é uma rede social exclusivamente de vídeos e estes apenas podem ser postados acompanhados de áudios. Na verdade, nesta rede social a base do seu conteúdo e consequentemente do seu engajamento está no áudio do vídeo, sendo possível utilizar um áudio original seu, uma música ou até mesmo um áudio de um outro usuário para fazer a sua versão dele. 

Sendo assim , frases icônicas de filmes e séries tem viralizado na plataforma com as versões criadas pelos próprios usuários, além de danças com trechos de músicas que viraram sucesso, principalmente, entre adolescentes. Muitos influenciadores do Tik Tok, os quais acredite, são outros completamente diferentes das demais redes, postam uma breve “coreografia” com um trecho de uma música e logo a diversão entre os demais usuários começa para aprender a dança para postar também.

Além disso, aqui no Brasil, os “challenges” são os verdadeiros sucessos, e os vídeos que mais viralizam (de maneira orgânica), sendo dos mais diversos temas e categorias, desde desafios fitness até cenas engraçadas ou enquetes entre irmãos, amigos ou casais.

Isso preocupa outras plataformas, que já  “correrão atrás do prejuízo” e tentando oferecer aos seus usuários bons recursos de edição de vídeo, o que é com certeza o maior diferencial deste app.

 

Mas por que estamos falando sobre o Tik Tok agora?

O ano de 2019 foi o de maior crescimento para a plataforma em todo o mundo, mas principalmente nos Estados Unidos, local onde ele passou a atingir diferentes faixas etárias. Aqui no Brasil, no entanto, o Tik Tok fechou o ano passado com mais da metade da sua audiência entre a faixa etária dos 13 aos 17 anos. Uma audiência, basicamente, formada pela chamada geração Z. Mas mesmo assim, qualquer rede de comunicação que apresente tais números de cadastros já alertava que precisaria receber a atenção das empresas com um olhar para a divulgação de estratégias de marketing.

No entanto, a crise do coronavírus e o momento de quarentena no Brasil mudaram completamente este cenário nos últimos meses. O número de usuários na faixa etária até os 35 anos cresceu e continua crescendo, exponencialmente, nos últimos dias, o que fez com que o Tik Tok se tornasse o app mais baixado no App Store e no Google Play, desbancando o WhatsApp, o Instagram e o Zoom (que é o app sendo mais utilizado no país para a realização de videoconferências durante esse período).

E é justamente por isso que agora é a hora de falar, estudar e focar nessa plataforma. A chegada de uma geração mais velha nessa rede social, sobretudo os chamados Millenials (22 à 30 anos) pode ser uma oportunidade enorme para marcas saírem na frente e divulgarem seus serviços e produtos.

Como estamos vendo poucas marcas se aventurarem por lá, para ser pioneiro, é preciso inovar e pensar fora da caixa. Mas a boa notícia é que o Tik Tok é um mundo de possibilidades para marcas dos mais diversos setores.

 

O Tik Tok é um universo NOVO e DIFERENTE

Antes mesmo de pensar em publicar um conteúdo de marketing no Tik Tok é, extremamente, necessário entender que estamos falando de um universo digital novo e diferente. Por lá, o fluxo de conteúdo é muito intenso, diversificado e mesmo sendo produzido por usuários, muitos deles costumam ser de excelente qualidade (com edições e produções inovadoras).

Então é importante perceber que não é possível reaproveitar conteúdos produzidos para outras redes sociais naquele universo. Muito provavelmente, além de não fazer sucesso, você correrá o risco de receber muitas críticas. Por lá, tudo tem um jeito muito único de funcionar, e os usuários que estão lá são sim ainda mais exigentes.

Por isso, para fazer sucesso é necessário ser mais criativo do que nunca, pensar realmente em uma produção viral. Os vídeos que tem bombado por lá, como por exemplo, os challenges poderiam, facilmente, ter sido criados por empresas já que existem challenges dos mais variados gêneros que se encaixam também em empresas dos mais variados setores (challenges fitness, de moda, de receitas, maquiagens entre outros).

Mas se você ainda acha que o seu público é um pouquinho mais conservador ou até mesmo pertence a uma faixa etária mais velha e por isso você acredita que ainda não vale a pena investir em marketing nessa plataforma, sem problemas!!

Mas eu ainda tenho algo a te dizer: mesmo assim vale a pena você ficar de olho no que está acontecendo por lá. Já pensou se os usuários decidem “falar”, positivamente ou negativamente, sobre os seus serviços ou produtos e você nem ao menos está por lá para acompanhar.

 

Quer um exemplo para entender melhor?

Durante a quarentena no Brasil, a hashtag #ZaraChallenge viralizou na rede social com diversos conteúdos produzidos por usuários ironizando o fato de o atendimento nas lojas da marca sempre serem ruins ou realizados por funcionários mal humorados.

Em menos de 15 dias foram cerca de 10 milhões de visualizações e a marca, nesse período, seguia sem se posicionar no assunto.

Com uma boa estratégia de marketing e com a rapidez com que conteúdos tem viralizado nesta rede social, seria possível até mesmo reverter a hashtag para um outro ponto positivo da marca, como por exemplo, trazendo à tona a variedade de estilos de roupas da marca, como apenas um primeiro exemplo que vêm a mente, já que outro challenge viral é o de troca de roupas com o auxílio dos truques de edição.

 

Momento de inovação

Como muito temos frisado por aqui a crise é um momento de inovação e criatividade. Se depois de ler esse texto você sentiu que o seu público pode estar bem presente nessa rede social, baixe o app, estude e entenda como os usuários estão se posicionando por lá e se jogue. Com as ferramentas disponíveis na plataforma e ideias criativas é possível produzir conteúdos sem investir grandes budgets.

Ainda não tivemos nenhuma marca viralizando como case de sucesso no Tik Tok aqui no Brasil, ou seja, ainda é tempo de sair na frente por lá não é mesmo?!

 

Até breve!

Cynthia Nascimento                                                                                                                                  Marketing de Conteúdo | Consultora em Curadoria de Conteúdo |  Planejamento e Produção de Conteúdo para várias plataformas digitais.

💁🏽‍♀️ Me segue lá Instagramhttps://www.instagram.com/conteudodi.gital/

Marketing Digital

Comunidade Sebrae
Cynthia Nascimento
Cynthia Nascimento Seguir

Empresária | Gerenciamento de Comunidade Digitais | Consultora em Curadoria de Conteúdo | Produção de Conteúdo para Mães Empreendedoras | Mãe da comunicativa Rebeca e do Pedro, que adora montar coisas!

Ler conteúdo completo
Indicados para você