[ editar artigo]

05 dicas para vender artesanato no atacado

05 dicas para vender artesanato no atacado

Você quer iniciar um negócio e não sabe como? Um bom caminho, e talvez mais acessível, são os produtos artesanais! Ou seja, aqueles que você mesmo pode fazer em casa, sem grandes estruturas industriais. Pelo baixo investimento, é um caminho alternativo para quem quer migrar para o mundo dos negócios, no entanto, não é porque o investimento inicial é baixo que o negócio precisa ser realizado de forma amadora, não é?

Neste artigo vamos elencar algumas dicas para você que gostaria de explorar e vender artesanato no atacado!

Venda por atacado

A venda por atacado é uma opção interessante para ampliar os negócios ou fazer com que os seus produtos se tornem mais conhecidos. Essa categoria tem como característica principal a venda de produtos em quantidades maiores do que uma única unidade para que o comprador faça a revenda dos produtos, seja em lojas físicas ou virtuais.

Em geral, o trabalho com produtos artesanais apresenta duas dificuldades que devem ser pensadas e resolvidas visando transformar a atividade em algo rentável: o processo de produção e o comercial

Produção

Sobre a produção, temos os desafios que ocorrem nos bastidores, como escolher seus fornecedores de matéria prima, conseguir bons preços (afinal, o seu valor de venda vai ser impactado diretamente por eles), aprender a produzir com qualidade e velocidade, até chegar no produto ideal, que alia qualidade, rapidez na produção e baixo custo na compra dos insumos.

Comercial

Já com relação ao comercial, notamos o maior desafio a ser vencido por quem inicia sua vida no mundo handmade. Produzir e ainda sair para realizar as vendas é quase impossível, já que o volume de produção depende única e exclusivamente do seu tempo aplicado e investido nela. Algumas pessoas optam por ter um sócio ou um parceiro de vendas, que ficará responsável pelo comercial (seja ele de porta em porta, fisicamente em alguns pontos, pela internet, etc), mas além de ser difícil encontrar a pessoa certa para crescer com você, a divisão dos lucros com outra pessoa pode ser algo pesado no início de uma atividade comercial.

Nessas horas é que a venda no atacado se mostra algo interessante e eficaz! Você só precisa realizar a prospecção do lojista ou revendedor uma única vez, e a tendência é que passe a ter pedidos de grandes quantidades e com recorrência. Há um preço para isso, claro, que abordaremos ao longo das próximas dicas, sobre o preço a ser trabalhado. Para que o revendedor possa ter uma margem sobre a venda dos produtos, o preço trabalhado, via de regra, deverá ser menor do que você cobraria de um cliente final.

Mas antes de falarmos das dicas para venda no atacado, vamos dar um passo para trás e revisar o início da atuação no segmento artesanal.

Como começar no artesanato?

Para que o seu negócio tenha sucesso, é necessário trabalhar com alguns recursos para exercer a função de maneira correta. Esses recursos podem colaborar com uma venda de artesanato natural e lucrativa. Vamos acompanhar?

  • Possuir experiência na área. Buscar trabalhar com coisas simples até as mais complexas, assim pode conquistar habilidades para criar os próprios produtos.

  • Trabalhar de casa é possível, mas é importante ter o próprio local de trabalho, seja ele em casa ou em outro lugar. Possuir o lugar próprio ajuda a manter o foco e a tranquilidade.

  • Acreditar no produto que está oferecendo e na criatividade que coloca nele. Confiar na qualidade do seu negócio é de extrema importância.

  • Conhecer o público. Antes de decidir com o que vai trabalhar, pesquisar o que mais se procura, identificar para quem está fazendo a maior parte das vendas e qual é a faixa etária.

  • Possuir uma linha de produtos, não oferecer muito mais do que pode entregar. Focar em um tipo de artesanato.

  • Se aprofundar em novos assuntos é algo essencial para quem quer vender mais. O ideal é se especializar. Um conhecimento a mais fará muita diferença na venda de artesanato por atacado.

  • Estar sempre atento ao mercado. Verificar o que as lojas costumam comprar com frequência para revender, trabalhar com qualidade para chamar atenção delas.

 

Esses são alguns recursos que podem ajudar na venda de artesanato por atacado.

 

Quais os passos para vender artesanato no atacado? Confira as 05 dicas!

1. Ofereça qualidade

Muitas pessoas sabem que vender produtos artesanais no atacado é lucrativo. Os lojistas buscam por produtos dessa categoria para realizar revendas. Portanto zelar por uma boa qualidade é essencial para que o negócio chegue a outras lojas de maneira satisfatória.

2. Tenha bons contatos e referências

Ao comprar um bom produto, é normal indicar para outras pessoas. Isso também acontece ao vender artesanato por atacado, pois se o lojista compra e gosta do produto, será natural indicá-lo para outras lojas e/ou consumidores. 

Por isso, manter uma boa relação com os comerciantes é fundamental.

3. Trabalhe o negócio junto ao consumidor final

A venda de artesanatos por atacado não limita o acesso a um público exclusivo, por isso as pessoas que se interessam pelos produtos expostos no catálogo da marca, acabam sendo muitas vezes, os próprios consumidores finais. Buscar trabalhar com uma boa logística, bons meios de entrega e também trabalhar com promoções ajuda com a fidelização do cliente.

4. Saiba determinar um preço justo 

Ter um produto de qualidade que atenda as expectativas dos clientes é o ideal. Trabalhar com qualquer produto no mercado, utilizando matéria-prima barata não vai resolver nada, o que vai chamar a atenção é apresentar um produto bom e bem trabalhado. Desse modo, será um profissional reconhecido e poderá fazer o próprio preço, calculando de forma justa, levando em consideração três fatores: o investimento realizado na matéria-prima; o tempo gasto com a produção; e a distância em que o produto será entregue. 

5. Fique de olho na concorrência

Ficar atento ao que está circulando no mercado. Sair do normal e buscar por produtos de modelos diferentes dos quais os vendedores costumam comprar, é necessário se atualizar e os impressionar. 

E aí, gostou das dicas? Já teve alguma relação com artesanato? Conte-nos aqui nos comentários! 😉

🔵 Atendimento Digital SEBRAE 🔵
WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail

 

Varejo 🎁

Comunidade Sebrae
Lucas Hahn
Lucas Hahn Seguir

Coordenador Estadual de Varejo e Mercado do SEBRAE/PR.

Ler conteúdo completo
Indicados para você