[ editar artigo]

A Importância da Experiência para Franquear sua Marca

A Importância da Experiência para Franquear sua Marca

 As franquias estão presentes em nossa vida diariamente, seja na alimentação, vestuário, saúde, prestação de serviços dentre outros diversos segmentos. Porém por trás daquela marca que você costuma comprar, existem anos e anos de experiência, existe um empreendedor que teve sua jornada guiada por altos e baixos passando por uma curva de aprendizado que possibilitou aprender com os acertos e principalmente com os erros.

As evoluções, adaptações e melhorias de processos e produtos é o que possibilitam uma marca no universo do franchising a ser um grande sucesso.

A “expertise” conta muito quando o empreendedor pretende duplicar seu modelo de negócio! O termo expertise tem a sua origem na língua francesa e basicamente significa perícia e especialização. Tornar-se um “expert” em algo, significa que a determinada atividade já foi realizada, revisada e aprimorada várias vezes, e isso faz com que a sua forma de execução seja a mais profissional possível, trazendo assim a diferenciação dentre todas as outras.

A empresa que desenvolve sua expertise ao longo dos anos de trabalho, se torna uma especialista com experiência de mercado, fator relevante e que a torna referência para as demais. No franchising isso não poderia ser mais importante, uma vez que para realizar uma expansão com sucesso é necessário uma formatação adequada do modelo de negócio. Nesse sentido, a “expertise” é o maior objeto de desejo para um potencial empreendedor sem experiência que deseja adquirir uma franquia para iniciar seu negócio. Seu objetivo é possuir uma marca que traga a experiência necessária para que possa alcançar o sucesso almejado.

Para que o Franqueador, dono da marca e do know-how, possua essa experiência, é muito importante um período de implantação e validação prática do modelo de negócio no mercado. O tempo depende do formato, tamanho e tipo de negócio e o recomendável são dois anos no mínimo para que a marca esteja apta a ser uma Franqueadora, porém, como dito, isso pode variar. Uma análise de franqueabilidade para validar o modelo é importante e deve ser considerada antes de realizar a formatação e expansão da marca no mercado.

De várias possibilidades, escolhemos aqui 2 pontos que são básicos, porém fundamentais, e que devem ser levados em consideração para quem deseja tornar sua empresa uma rede de franquias:

•            Quem é meu cliente?

Todo resto se torna inútil quando as pessoas não consomem seu produto/ serviço, por isso o conhecimento profundo sobre o consumidor é fator-chave para um empreendedor que deseja transformar seu negócio em uma Franquia.

Para se conhecer o cliente, é necessário conhecer seus hábitos, suas preferências, suas características como por exemplo, idade, onde vivem e trabalham, por que seu produto/serviço é a melhor escolha para eles, quais motivos o/a fariam deixar de consumir na sua empresa e principalmente, qual o problema que você vai resolver? De qual forma o seu negócio vai melhorar a vida do seu cliente?

Conhecendo de forma profunda seu público e criando até mesmo uma relação de proximidade com ele, as chances de se adotarem estratégias mais assertivas é maior e direcionam o crescimento da empresa e da possível Rede de Franquia para o caminho correto, economizando tempo, recursos que seriam gastos em possíveis erros e ganhando assim a preferência do seu cliente, que se identifica muito com a marca e se sente próximo da empresa como um todo.

•            Como meu Produto/Serviço se diferencia dos demais?

Após entender o seu cliente e como resolver a sua dor, seja ela qual for, é preciso analisar também os outros negócios do setor. Fazendo questionamentos como, por que o meu cliente trocaria a minha marca pelo concorrente? Ele possui um preço mais competitivo? A embalagem é mais próxima aos interesses do público? As campanhas de Marketing fazem muito mais sucesso do que as suas?

Esses e diversos outros questionamentos são pontos a serem observados na hora de fazer o planejamento estratégico, ainda mais como Franqueadora, onde é preciso ter uma atenção maior nesse tópico justamente pelo negócio não ser regionalizado, uma vez que a franquia precisa estar preparada para concorrer com marcas de todo o território nacional, conquistando os novos clientes da região que vão começar a consumir no seu negócio ao invés de uma empresa local, que na grande maioria das vezes já possui a confiança do consumidor.

Desse modo esse ganho do consumidor e expansão do negócio só pode ser feito com um trabalho de marca bem executado, processos efetivos e ágeis, bom posicionamento da marca e produtos ou serviços de qualidade, fazendo assim com que a sua marca ganhe cada vez mais mercado e reconhecimento no setor.

Por esses motivos, percebemos como é importante a experiência de mercado no processo de formação de uma franquia. E como essa experiência acaba deixando o negócio cada vez mais maduro, inovador e com capacidade de expandir e encarar os desafios futuros.

Varejo 🎁

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você