[ editar artigo]

Com o que devo me preocupar em meu negócio?

Com o que devo me preocupar em meu negócio?

E isso mesmo? Calma, vamos lá!

O mundo atualizou muito e nas últimas décadas trouxe oportunidades e problemáticas para resolvermos. Vamos falar primeiro das oportunidades com brevidade.

Hoje, um negócio regional pode tornar-se global, e uma pequena empresa tem a possibilidade de expandir o seu branding e melhorar seu movimento entre seus fornecedores, clientes e simpatizantes através da internet.

A questão é que vemos pessoas, empresas, instituições, preocupadas com o número de seguidores que suas mídias sociais alcançam e isso por um lado é fantástico. O problema é que a verdade não está baseada somente neste aspecto. Então vamos elencá-la.

Fato é que páginas, canais, perfis, etc., vem e vão. Mas o que permanece são as experiências que as pessoas vivem de forma personalizada e individual, ou seja, se nos preocupamos somente com seguidores logo já não temos identidade, excelência e a visão do nosso propósito.

Nós precisamos é ter CLIENTES. Sim, é isso mesmo e o melhor, SATISFEITOS.

Vamos ser verdadeiros; nossos colaboradores, fornecedores, prestadores de serviço, enfim, todos ao nosso redor são clientes. E é o que mantém qualquer negócio em pé.

Gerar um cliente dá muito trabalho, você precisa captar aquele lead, entender suas dificuldades, gerar uma solução e colocá-la em prática para evidenciar a "ele" que todo o investimento valeu a pena. E manter este cliente está cada dia mais difícil, muitos deles olham somente para o CUSTO FINANCEIRO, ou seja, na primeira oportunidade irão trocar os serviços/produtos/etc., não importando a qualidade.

📍 Essa semana li uma frase: "Nunca vi a Coca-Cola reclamando que a Dolly vende o refrigerante mais barato". Uau, é isso mesmo, sabe por que?

Simples, porque a primeira empresa gerou valor em seu produto e é exatamente isso que precisamos fazer.  O cliente que o troca por outro, baseado em custo financeiro e não observa a qualidade do seu produto/serviço, em certo momento, ele se dará conta da importância de medir também outros fatores.

📍 Eu costumo disser: "Prefiro 100 clientes satisfeitos e ativos, do que 100 mil seguidores inativos".

Concluo dizendo, trabalhe pela sua missão/visão e a consequência será o crescimento do seu negócio, inclusive, de suas redes sociais. Então não se preocupe com os seguidores, preocupe-se com o atendimento do seu cliente e no fim ele mesmo será o advogado para a sua expansão, afinal, clientes são pessoas e elas merecem a nossa dedicação.

📌 Quer saber mais, acesse: http://bit.ly/AcesseONetworking

 

 

 

Varejo 🎁

Comunidade Sebrae
Vinícius Cruz
Vinícius Cruz Seguir

Filho, esposo e pai de dois. Controller, Gestor Financeiro, Engenharia de Custos e Trader.

Ler conteúdo completo
Indicados para você