[ editar artigo]

Vitrine “compre junto” com inteligência artificial: por que usar no e-commerce

Vitrine “compre junto” com inteligência artificial: por que usar no e-commerce

A inteligência artificial (IA) não é mais coisa do futuro. Pelo contrário, tem sido cada vez mais utilizada, otimizando e dando maior assertividade para os processos.

No e-commerce, ela já é usada para automatizar a sugestão de produtos complementares ao que o usuário está buscando – técnica conhecida como “compre junto”, compra casada ou cross sell. Para saber por que usar a “compre junto” com inteligência artificial, continue a leitura! 

 

“Compre junto”: o que é?

Antes de tudo, vamos entender o que é a “compre junto”. Trata-se de uma estratégia bastante utilizada em vendas, ela consiste em oferecer um produto, ou mais, complementar ao que o cliente estava buscando inicialmente. 

No e-commerce, geralmente aparece quando o usuário clica em algum produto. Por exemplo, se ele está vendo uma saia jeans, a “compre junto” pode aparecer logo abaixo, sugerindo que ele compre um cinto e/ou uma blusa em conjunto com a saia. 

 

Como o “compre junto” deve ser

É importante que a sugestão seja de um produto de categoria diferente do que o que ele já escolheu, pois o objetivo é que ele compre um item a mais e não que fique em dúvida sobre qual levar. Outro cuidado importante é que o item sugerido tenha a ver com o produto que o cliente está buscando, para que essa sugestão não seja inconveniente e tenha mais chances de ser aceita. 

Oferecer descontos na compra casada também é uma prática muito comum nessa estratégia, porque gera um sentimento de urgência e facilita a compra, já que o cliente sente que não pode perder a oportunidade de levar os itens em conjunto. 

 

O que traz

Algumas vantagens de incentivar a compra casada são: lucratividade; rotatividade dos produtos; e aumento da relevância do site, já que quando o cliente clica na “compre junto”, ele é direcionado para uma outra página, o que fortalece o link building interno.

 

Dificuldades

Praticamente todas as plataformas de e-commerce oferecem essa funcionalidade para as lojas virtuais. Trata-se de uma estratégia bastante tradicional e que realmente funciona. 

Mas muitos varejistas acabam não utilizando essa ferramenta, porque para que ela comece a rodar é necessário cadastrar e configurar produto por produto e escolher cada uma das combinações. Tudo deve ser feito manualmente, inclusive as manutenções. Isso leva tempo e exige investimento em mão de obra, já que é preciso contar com profissionais com conhecimento específico sobre combinações de produtos.

 

“Compre junto” com inteligência artificial

A “compre junto” com inteligência artificial é totalmente automatizada, isso significa que todo o processo da compra casada é feito de forma automática, sem precisar que um profissional configure e cadastre item por item, pois a IA faz isso sozinha. 

 

Vantagens e soluções 

- Funcionamento contínuo

Se um dos produtos cadastrados para sugestão acaba, a “compre junto” convencional fica inativa até que o item seja reposto no estoque. Com a inteligência artificial, isso não acontece. Quando um produto está esgotado, a IA identifica essa informação e sugere outro em seu lugar, então a sugestão da compra conjunta continua funcionando normalmente. 

 

- O próprio cliente faz as combinações 

Outra vantagem é que, para cada produto escolhido, a inteligência artificial sugere 3 ou 4 produtos para a combinação dentro de cada posição. Ou seja, não há uma combinação fixa, o próprio cliente pode alterar as combinações de acordo com o que tem mais interesse. Por exemplo, na primeira imagem, o cliente está buscando uma camiseta e, na “compre junto”, são sugeridas duas placas.

 

Mas, como mostra a imagem seguinte, ele tem a opção de clicar no ícone com setas e alterar a combinação, escolhendo, nesse caso, o jogo e o boneco em lugar das placas. 

 

- O cliente ajusta quantos itens quer na "compre junto"

Por outro lado, se o cliente opta por não levar mais nenhum item além da camiseta, ou se opta em levar apenas um e outro não, ele mesmo pode regular isso e a quantidade de itens e o valor total aparecerão do lado direito. 

Na imagem abaixo, por exemplo, a consumidora está buscando uma regata esportiva e são sugeridos para ela uma bermuda e um top. Mas, se por acaso, ela se interessa pela regata, mas não pelo top, basta clicar na lixeirinha e descartar o top: 

 

Veja que, na imagem anterior, estavam registrados os 3 itens. Mas, depois de ter excluído o top, o carrinho de compras é atualizado e apenas os 3 itens escolhidos são computados, como mostra a imagem abaixo.


 

Já pensou na lucratividade e economia de tempo e dinheiro que um varejista vai ter ao levar essa tecnologia para a sua loja virtual? 

 

Um abraço,

Rodrigo Schiavini.

 


 

Varejo 🎁

Comunidade Sebrae
Rodrigo Schiavini
Rodrigo Schiavini Seguir

Fundador e CEO da SmartHint. Diretor Regional Paraná da ABComm, com mais de 10 anos de experiência em comércio eletrônico para grandes marcas dos mais variados segmentos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você