[ editar artigo]

Você, seu negócio e o marketing digital

Você, seu negócio e o marketing digital

A quantas anda a presença digital da sua empresa? Você já fez uma avaliação rápida da reputação da sua marca na internet? Essa é uma preocupação pertinente em tempos de clientes conectados. Afinal, no último levantamento oficial sobre o uso de internet no Brasil, a TIC Domicílios, 7 em cada 10 brasileiros estão conectados na web. Os usos desse acesso são variados, mas a mesma pesquisa aponta que 34% desse universo de usuários já fez compras digitalmente.

Ao comprar via internet o consumidor demonstra a mudança em seu hábito de consumo – do físico para o digital. Mas, antes de efetivar sua compra, há muitos outros hábitos que antecedem a ação efetiva de consumo. A forma de avaliar o produto ou serviço, a interação que se dará com o marca, como será feita a compra, entre tantas outras possibilidades que precisam ser pensadas pelo empresário. Antes de ser escolhido, é preciso ser achado. E aí, a compra nem precisa se efetivar no meio digital.

Usando o Marketing Digital

É preciso lembrar uma questão importante: antes de ser Marketing Digital, é Marketing. Então, todas as premissas gerais estão valendo, como conhecer o perfil do consumidor, ter definido recursos de investimento e os objetivos a serem alcançados com as ações. O que muda são os canais usados para distribuir as mensagens, a avaliação de retorno e, principalmente, as muitas possibilidades que a tecnologia disponibiliza para chegar e “conversar” com o consumidor. Sim, conversar.

Uma das questões mais importantes do uso dos recursos digitais é o poder que o cliente passa a ter sobre a sua decisão de compra. Ele tem mais informação, mais formas de achar o que procura e mais conhecimento sobre produtos e serviços. Junte a isso tudo, muitos fornecedores oferecendo o que ele quer, mesmo que não seja fisicamente onde ele está. O que fará a diferença, então? Você pode pensar, em um primeiro momento, que será o preço. Um fator que, sem dúvida, pesa na escolha. Mas não será ele o fator principal de decisão – a não ser que todos os ofertantes do produto/serviço sejam irrelevantes quanto ao fator relacionamento. Lembra da “conversa”? Quando uma marca conversa com o consumidor ela está trabalhando relacionamento. Ela se faz presente, passa a ter mais chances de ser encontrada e escolhida.

O Marketing Digital, então, trabalha todas essas questões no meio digital. Desde como a marca será encontrada em meio a tantas outras até o processo de relacionamento para que seja escolhida. E, na sequência, como esse agora cliente continuará comprando e, mais do que isso, difundindo a marca e dando seu aval como embaixador, comprovando porque escolheu e indica aquela empresa. Para atingir essas etapas do relacionamento, o Marketing Digital irá usar estratégias em diversos recursos que só a tecnologia permite. Das redes sociais a mecanismos de busca. De site a sistemas que controlam todas as fases do funil de vendas. Mas, não se engane. Marketing Digital não é apenas o uso dos recursos tecnológicos. É criatividade e, principalmente, compreensão sobre o negócio. 

Quer participar de um evento presencial sobre o assunto? Acione o Sebrae digitalmente:

🔵 Atendimento Digital SEBRAE 🔵
WhatsApp / Chat / Facebook / E-mail

 

 

Varejo 🎁

Comunidade Sebrae
Patricia Favorito Dorfman
Patricia Favorito Dorfman Seguir

Mentora, Facilitadora e Consultora nas áreas de Marketing, Comunicação e Empreendedorismo. Movimento Tava Pensando.

Ler conteúdo completo
Indicados para você