[ editar artigo]

8 passos para Franquear um Negócio

8 passos para Franquear um Negócio

Muitas empresas de micro e pequeno porte são excelentes negócios que podem virar grandes e saudáveis redes de franquias. Franquear é o caminho para crescer.

Quando uma pequena empresa se torna uma franquia ela consegue usufruir dos benefícios que as grandes empresas tem: força de marca, recursos para investimento em marketing e inovação, foco no estratégico, poder de negociação com os fornecedores e otimização de recursos, isso só para falar de algumas vantagens de se tornar um franqueador.

Possível você já pensou em expandir o seu negócio através do sistema de franchising, ou aina já ouviu esta pergunta:

- É franquia?

Isso deve ter despertado uma vontade ainda maior de franquear pois é a demanda batendo à sua porta.

O que acontece é que normalmente não sabemos por onde começar e quais são os passos para transformar minha empresa em uma franquia - este processo é chamado de FORMATAÇÃO DE FRANQUIA - e por isso esteou escrevendo este artigo para te mostrar o passo a passo que deve seguir para ter a sua própria rede de franquias.

Esse passo a passo é válido para qualquer segmento e para empresas de qualquer tamanho. Independente do negócio o roteiro a ser seguido para a criação da franquia é o mesmo!

Então vamos lá, acompanhe o passo a passo e se tiver qualquer dúvida deixe nos comentários que terei o maior prazer em responder.

Se preferir ter este material de maneira mais detalhada é só fazer o download do e-book  https://comofranquear.franqueador.com/

E ainda se você preferir este conteúdo mais detalhado em vídeo, está aqui:

 

Passo 1 - Definição do Modelo de Franquia

Antes de mais nada é preciso definir como será o seu negócio: quais são os papeis do franqueador e do franqueado na franquia, quais as parcerias, as responsabilidades e as formas de gerar receita para o negócio (tanto para o franqueador como para o franqueado).

Para definir este modelo eu utilizo o Canvas (se ainda não conhece me deixe saber nos comentários que explico em detalhes em outro artigo), fazendo um Canvas para o franqueador e outro para o franqueado e estes dois canvas devem ter uma grande sinergia.

Passo 2 - Plano de Negócios Financeiro

Depois do modelo conceitual desenvolvido no passo 1 precisamos colocar tudo isso em números para saber se vale a pena tanto para o franqueador quanto para os franqueados, e também definirmos os valores de taxa de franquia, royalties etc.

Uso uma planilha financeira com muitas fórmulas prontas para facilitar o preenchimento e conseguirmos fazer rapidamente e com pouco esforço muitas simulações.

Passo 3 - Transferência da Know-How

Agora é o momento de estruturar como será a transferência de know-how para os franqueados.

O know-how é em tradução literal "saber como" e na prática é isso mesmo, precisamos mostrar para os franqueados como eles devem fazer as coisas na unidade deles. O franqueador "sabe fazer" e precisa passar isso para os franqueados através de treinamentos, manuais, softwares, fichas etc.

Os conteúdos, meios utilizados, ferramentas e processos para capacitar os franqueados devem ser estruturados neste momento.

Passo 4 - Processos do Franqueador

Basicamente o franqueador tem que fazer duas coisas:

  1. Expandir: buscar e selecionar franqueados para a rede crescer
  2. Suportar: dar suporte para os franqueados montarem, operarem e gerirem as suas unidades.

Como o empresário que está começando a franquear ainda não tem experiência com estas duas atividades é importante definir bem como serão realizados estes processos na sua marca. Este é um dos pontos em que é muito importante aprender a ser um(a) franqueador (a).

Passo 5 - Documentos Jurídicos

Tudo que foi estruturado e definido nos passos anteriores deve ser traduzido em documentos jurídicos para que fique tudo claro para o franqueador e para os franqueados e para atender a legislação, em especial a lei de franquias: 13.966/19.

Estes documentos são:

Passo 6 - Formalização da Franqueadora

É importante notar que a franqueadora é um outro negócio. E assim deve ter um CNPJ próprio com uma atividade específica alinhada ao CNAE correspondente para franquear um negócio.

Passo 7 - Plano de Expansão

Com tudo pronto é hora de traçar a estratégia para lançar a franquia no mercado fazendo a rede crescer. Para isso deve ser feito um plano de expansão onde são definidas as áreas de interesse em cada momento e em que velocidade quer crescer.

Para a definição de áreas normalmente o mais indicado é a estratégia do crescimento em espiral em que as franquias são vendidas perto das unidades originais e cada vez vamos avançando para mais longe, como se fosse o desenho de um caracol.

Passo 8 - Gestão da Rede

Com os primeiros franqueados já entrando na rede deve ser dada atenção a gestão da rede de franquias. Definindo ferramentas e processos para garantir tanto um ótimo suporte como o comprometimento com os padrões da marca.

 

Conclusão

Este é o passo a passo para toda empresa se transformar em uma rede de franquias. Se quiser saber mais sobre isso acompanhe minhas publicações aqui e também no meu blog 

http://franqueador.com/

Deixe seu comentários dizendo o que achou deste conteúdo e também fique a vontade para perguntar o que quiser sobre franquias.

Até a próxima!

Vida de MEI

Comunidade Sebrae
Erlon Labatut
Erlon Labatut Seguir

Consultor Franquias - FRANQUEADOR.COM

Ler conteúdo completo
Indicados para você