[ editar artigo]

Saiba como o MEI pode montar o plano de negócios e se destacar da concorrência

Saiba como o MEI pode montar o plano de negócios e se destacar da concorrência

Muitos empreendimentos começam a partir de uma ideia inovadora. Porém, para colocá-la em prática, é preciso percorrer um longo caminho. Com o Microempreendedor Individual (MEI) não é diferente. Para que essa jornada seja promissora, elaborar um bom plano de negócios é fundamental. Faça dele o seu parceiro na definição de metas e previsão de alguns desafios que irão surgir.

É importante que o MEI aprenda a elaborar um plano de negócios, pois ele irá norteá-lo a como liderar a equipe interna e gestores e quais atitudes deve ter para manter o seu negócio funcionando. Ele é a peça-chave para o planejamento a longo prazo, pois por meio dele é possível analisar o mercado atual, quais os produtos e serviços oferecidos estão em alta e quais atitudes o empresário deve tomar diante desse cenário.

O plano de negócios deve ser interpretado como um guia ou uma mapa para a abertura de qualquer empreendimento. Com ele em mãos, é muito mais fácil fechar parcerias com fornecedores, colaboradores, investidores, financiadores e clientes em potencial.

Portanto, a criação deste guia de negócios traz vários benefícios tanto ao empreendedor que está em fase de abertura do seu negócio quanto às empresas já consolidadas que queiram ampliá-lo.

Benefícios do Plano de Negócio

1. Validar suas ideias

Ao planejar a abertura do seu negócio, você poderá testar suas ideias antes mesmo de  começar a investir. Estudos comprovam que empresas que não fazem um plano de negócios adequado acabam fechando pela falta de planejamento. Portanto, o plano de negócios oferece maior segurança ao empreendedor, aumentando as chances de sucesso.

2. Modelo de empreendimento claro e versátil

Conhecer a fundo o seu negócio é essencial para conseguir investidores, pois você precisa mostrar a eles o valor da sua ideia e como ela irá ser colocada em prática. O plano de negócios permite que você modele o seu empreendimento de forma clara e versátil. Para isso, existem algumas plataformas que possibilitam um maior entendimento da sua empresa. Por exemplo, o Canvas é uma ferramenta muito prática, dividida em blocos, para que você exponha suas ideias, como proposta de valor, canais e fontes de receita, recursos-chave etc. Dessa forma, fica muito mais fácil e organizado apresentar as ideias aos investidores e, quem sabe, futuros parceiros.

3. Perspectivas futuras

Como vimos, traçar  objetivos e metas de um negócio é fundamental para definir a melhor estratégia a ser seguida. Para isso, é preciso definir a missão, visão e valores do seu empreendimento. A missão deve representar o propósito do seu negócio, enquanto que a visão consiste em qual é a direção que a empresa pretende seguir. Os valores estão relacionados aos princípios éticos que deverão estar presentes no comportamento de toda a organização. Com isso, você consegue traçar suas perspectivas futuras.

4. Crescimento estruturado e métricas

Uma vez que você estabeleça a missão e a visão da sua empresa, é preciso definir os objetivos a serem atingidos. O melhor caminho para planejar esses objetivos é por meio do plano de negócios. Dessa forma, você pode traçar as metas e quais os planos de ação que serão executados. A construção de estratégias é crucial para a avaliação do desempenho da empresa em relação às perspectivas do mercado. Embora os objetivos devam estar de acordo com cada perspectiva, é importante que eles sejam alinhados. Assim, é possível criar métricas para cada um dos objetivos a fim de tornar o crescimento da empresa mensurável. Isso é importante para o desenvolvimento de planos de ação mais específicos e coerentes com a capacidade da equipe, por exemplo, garantindo uma maior potencialidade na execução do trabalho.

5. Entender o mercado em que atua

Para que o negócio prospere, é preciso que o empreendedor entenda o mercado em que atua. Com o plano de negócios, você poderá posicionar a sua empresa de acordo com as análises de diversos fatores do próprio mercado, sejam eles externos ou internos. Uma dica para ter um ótimo posicionamento de mercado é fazendo uma Análise Swot das suas ideias. Além de identificar as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades do seu negócio, analise também outros fatores que possam influenciá-lo, como o econômico, político, tecnológico, social e ambiental. Dessa forma, você poderá avaliar o seu posicionamento no mercado, podendo até obter vantagens competitivas em relação aos seus concorrentes.

6. Atingir o público-alvo

Sabemos que o maior objetivo dos empreendedores é atingir o público-alvo de forma positiva. Porém, nem todos têm o conhecimento de marketing necessário para isso. Por exemplo, o MEI que está desenvolvendo um produto ou serviço novo deve fazer um planejamento eficaz para sua empresa a fim de trazer vantagens competitivas. Por isso, o plano de negócios é um ótimo começo para que o público-alvo seja definido e o plano de ação de marketing seja elaborado. Assim, as chances de você atingir os clientes certos aumentam.

7. Controle financeiro

Bem, as dicas anteriores podem te dar um embasamento para que você tire a sua ideia do papel e ingresse no mundo dos negócios. Após feito isso, é preciso analisar toda a parte financeira do empreendimento. O MEI precisa ter mente que para sobreviver no mercado competitivo não basta apenas produzir e vender seus produtos e serviços. Também é preciso fazer o planejamento financeiro a fim de mapear todos os custos, incluindo os investimentos iniciais, despesas operacionais e até mesmo os custos para manter a empresa ativa. Com o plano de negócios, é possível verificar o tempo de retorno do investimento e quanto será necessário investir, o que é muito útil para atrair potenciais investidores.

Em resumo, o plano de negócios, especialmente para o MEI, possibilita o aprimoramento das ideias do negócio, a análise das oportunidades que ele possa ter, os pontos fracos e fortes que mostram os melhores caminhos a ser percorridos, a análise da parte financeira e previsão de situações. Além disso, possibilita uma melhor apresentação da empresa junto aos fornecedores e clientes e o aumento das oportunidades de sucesso da empresa.

Vida de MEI

Comunidade Sebrae
Ler conteúdo completo
Indicados para você