[ editar artigo]

Você sabe o que é Inteligência Emocional e no que ela pode te ajudar?

Você sabe o que é Inteligência Emocional e no que ela pode te ajudar?

Você sabia que o sucesso está relacionado a 13% ao QI (Quociente de Inteligência) e 87% ao QE (Quociente Emocional)? Esse dado nos mostra que a técnica é muito importante para você definir o que vai fazer na sua empresa, mas os resultados estão diretamente relacionados à sua habilidade de gerenciar suas emoções e das pessoas que estão ao seu redor.

Para Daniel Goleman, inteligência emocional é: “A capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos.”

A inteligência emocional é composta por cinco elementos:

Autoconhecimento: Capacidade e a disponibilidade para reconhecer as próprias emoções. O que você está sentindo? Como isso está impactando na sua gestão? O que você tem colhido de resultados a partir do seu comportamento?

Autocontrole: Capacidade de regular as próprias emoções. Você se arrepende automaticamente logo após tomar alguma decisão no calor do momento? O que você faz para reestabelecer seu equilíbrio emocional? Você gostaria de conseguir pensar com mais clareza antes de agir ou gostaria de não deixar de agir?

Automotivação: Capacidade de ler contextos e saber o que é de minha responsabilidade e o que é responsabilidade do outro. Você vem terceirizando seus problemas? Quem é o foco das suas reclamações? Você consegue entender o que precisa fazer na sua empresa?

Empatia: Capacidade de enxergar as situações pela perspectiva do outro. Escutar ativamente e fazer o que o outro gostaria que você fizesse por ele, respeitando seus próprios limites. Você está presente nas conversas? Você realmente escuta as pessoas?

Habilidade social: Conjunto de capacidades envolvidas na interação social. Habilidade de desenvolvimento de uma rede de contatos poderosa e aprimoramento da capacidade de negociação. Qual a qualidade dos seus relacionamentos empresariais? Você tem tido bons resultados nas suas tentativas de negociação?

Inteligência emocional em resumo é você estar disposto a se conhecer melhor, observar mais as outras pessoas e utilizar as emoções de forma estratégica para garantir mudanças efetivas em suas ações.

Vamos ver agora quais são as competências essenciais que você desenvolverá com a prática do exercício diário da inteligência emocional.

Adaptabilidade: Capacidade de acompanhar as mudanças e não mais ser atropelado por elas. Um entendimento maior de suas competências e uma boa leitura dos contextos são essenciais para você antecipar tendências e remodelar seu negócio quando necessário, sem apego ao que já passou.

Produtividade: Uma equipe mais entrosada se comunica melhor, coopera mais, erra menos e, consequentemente, é mais produtiva. Estabelecer um ambiente empático é a chave para que isso aconteça.

Resolução de problemas: Não procurar culpados, olhar o problema sem envolvimento emocional e de forma consciente faz com que eles sejam resolvidos mais rapidamente. Qual a sua responsabilidade nessa situação? Fica mais fácil quando nos colocamos como protagonistas e responsáveis pela resolução.

Motivação: Manter-se motivado é um grande desafio, principalmente em situações adversas. Pessoas com a inteligência emocional bem desenvolvida entendem muito bem o que está dentro das suas possibilidades de atuação e o que não está. Isso ajuda a manter a motivação porque fica claro o que dá para ser melhorado e o que não é possível.

Resultados mais eficientes: Clareza de objetivos e priorização de atividades ajuda sua mente a manter o foco em seu propósito e conduzir com mais energia as suas ações, passando a ser mais assertivas e potencializando seus resultados.

Fonte: Sebrae.

Gostou da publicação? Então, conta pra gente o que achou aqui nos comentários e não esqueça de compartilhar esse conteúdo.

Se você ainda não faz parte da Comunidade Vida de MEI, não perca tempo e vem participar com a gente!

 

Vida de MEI

Comunidade Sebrae
Rodrigo Feyerabend
Rodrigo Feyerabend Seguir

Administrador, Especialista em gestão de projetos, Consultor do Sebrae/PR e Papai do Dudu.

Ler conteúdo completo
Indicados para você